Blog

15 ago
2018

Afinal, o que é riqueza?

Já contei por aqui que sou mãe de uma menininha muito esperta que hoje tem 4 anos. Um dia desses em meio a uma atividade corriqueira, levando minha pequena pra natação, ela me fez uma pergunta interessante. “Mãe, o que é riqueza?”. Na hora em que a pergunta foi lançada dei uma explicação rápida dizendo que é tudo de bom que possuímos, como: família, saúde, filhos e amigos. Parei por ali pois achei que, naquele momento, menos seria mais.

A pergunta veio solta, mas teve grande impacto sobre meu dia. Parei várias vezes no decorrer daquela quinta-feira me perguntando qual teria sido a melhor resposta a ser dada para que ela pudesse entender o verdadeiro significado da vida e da palavra.

E por que eu trago esse assunto hoje por aqui? Desde que tenho atendido famílias e indivíduos para auxiliar no Planejamento Financeiro e Consultoria de Organização Pessoal, vejo uma vontade genuína das pessoas em ter uma vida financeira equilibrada e também tempo para o que realmente importa!

Eu percebo que esses dois assuntos andam juntos. Conquistar segurança financeira é um ingrediente fundamental para que possamos reduzir nossas preocupações com o futuro, principalmente financeiro, para nos dedicarmos de corpo e alma à razão ou razões de nossa vida.

Nesse momento vejo como caminho a se trilhar iniciar o Planejamento Financeiro, tendo claros os objetivos da família, os riscos a serem minimizados, a melhor gestão do fluxo de caixa (receitas e despesas) e o planejamento para construção das reservas de curto, médio e longo prazos que garantirão a tranquilidade necessária para o bem-estar daquela família.

DEDICAR UM TEMPO PARA APRENDER SOBRE FINANÇAS E COMPORTAMENTO É INVESTIR NO FUTURO.  QUANDO TOMAMOS CONSCIÊNCIA DE QUE NÃO NASCEMOS SABENDO E QUE SEMPRE É TEMPO PARA APRENDER, TIRAMOS UM PESO DAS COSTAS E NOS PERMITIMOS INICIAR A JORNADA.

O que sabemos hoje é que o controle emocional é a base da maioria das nossas decisões financeiras. A inteligência financeira não é só conhecimento de finanças, mas de emoções e comportamentos, ou seja, está intimamente ligado a inteligência emocional.

Nesse sentido, preciso contar-lhes que somos todos seres irracionais e que utilizamos a nossa racionalidade para justificar nossas atitudes irracionais.

Sabendo disso precisamos ficar atentos a nossas decisões econômicas para que não nos percamos ao longo do caminho. Uma ótima ferramenta é termos sempre um mapa em mãos que nos guie na direção correta. Esse mapa é o Planejamento Financeiro. Já escrevi um pouquinho sobre isso nos links:

http://karinavaladares.com.br/conheca-todas-as-fases-de-um-bom-planejamento-financeiro-pessoal/

http://karinavaladares.com.br/como-o-planejamento-financeiro-pode-transformar-sua-vida/

Isso tudo para te dizer que: pra mim a verdadeira riqueza é poder me dedicar ao que tenho de mais importante que é minha família. E que isso só se tornou possível através de muito planejamento financeiro, o que me permite, hoje, empreender. Pois é através da flexibilidade do empreendedorismo que consigo conciliar a rotina de profissional, mãe, esposa e mulher de maneira satisfatória. Além disso empreender me completa no sentido de que o que eu faço muda a vida das pessoas e as permite buscar seus objetivos. Isso sim é riqueza!

E pra você? O que é riqueza? Me conta nos comentários, adoro conhecer novas histórias!

Beijos e até a próxima! 😉

a autora

Karina Valadares

Mãe, esposa, profissional de finanças e empreendedora. Dedico minha vida à consultorias financeiras pessoais, assessoria de investimentos e organização de rotina.

saiba mais

Outras Postagens