Blog

11 jul
2018

Férias à vista…e agora? Dicas de como manter a diversão sem extrapolar o orçamento!

Férias não deve ser sinônimo de desequilíbrio no orçamento. Abaixo algumas dicas preciosas para se divertir sem desequilibrar o orçamento.

 

No mês de julho teremos férias escolares e caberá aos pais cuidarem dos pequenos e jovens em tempo integral. Viagem, cinema e passeios são as atividades que a turma espera ter nesse período. Eventualmente, essa pode não ser a programação da família. Mas com certeza, diversão não pode faltar e sempre é possível obter um aprendizado com a situação.

Se a opção for ficar na cidade e buscar alternativas para se divertirem, vale a criatividade e a busca por prezar momentos de conexão essencial! Olho no olho, sem interferências!

Para garantir férias incríveis ao seu filho, separei algumas dicas práticas que valem a pena ser consideradas. Olha só:

Cinema em casa: que tal aproveitar o potencial oferecido pelos serviços de streaming e selecionar junto com as crianças alguns filmes para serem vistos ao longo do período? Criar o clima com pipoca, brigadeiro, sanduíches caseiros, suco natural e outros são ótimas opções! Seu filho vai curtir passar esse tempo com você.

Grupo de pais amigos: essa pode ser uma oportunidade para conhecer os pais dos amigos dos seus filhos, ou até mesmo, estreitar relacionamentos. Vocês podem fazer grupo de seis amigos, por exemplo e, a cada dia, um fica responsável por receber na sua residência ou organizar uma aventura pela cidade. Nesses encontros vale explorar a criatividade e deixar a turma criar diferentes possibilidades. Criança adora brincadeira não estruturada (ou seja: que não venham prontas e embaladas), o mundo do faz de conta (principalmente na idade de 3 a 6 anos) são as preferidas. Nesse caso, vejo que as crianças têm grande interesse e curiosidade por brincadeiras da época dos pais. Pode ser uma oportunidade de contar um pouco da sua história para seus filhos e amigos.

Parques e praças: explorar a natureza sempre é uma excelente opção. Geralmente no período de férias a cidade fica livre de trânsito e isso pode facilitar os passeios pela cidade. Busque explorar regiões que no dia a dia não é possível apresentar ao seu filho. Brincar lá fora, com lanche preparado em casa, é uma delícia e super econômico! Vale combinar com amigos e colegas que também possam curtir o passeio.

Deixe espaço para o ócio criativo: é normal os pais desejarem planejar toda a agenda na tentativa de agradar (e ocupar) os filhos, mas é importante que eles tenham tempo livre para exercitar a imaginação, brincar, ler ou simplesmente pensar na vida – afinal, para eles, já bastam as várias atividades realizadas durante o período escolar.

Jogos de tabuleiro: os jogos de tabuleiro são um território pouco explorado por essa geração – resgate os seus preferidos (Detetive, Jogo Imobiliário, War e RPG ainda fazem sucesso) e apresente às crianças. Diversão garantida por horas nos dias de chuva.

Ficar em casa: você pode achar estranha essa sugestão, mas veja só, muitas crianças ficam o dia todo na escola ou ainda mesmo que vá meio período tem várias atividades extracurriculares e, o que menos se tem, é tempo para curtirem sua própria casa e explorar todas as possibilidades com o seu próprio acervo de brinquedos. Ficar em casa pode sim ser uma agradável alternativa. Quando no prédio se tem amiguinhos, uma possibilidade é recebê-los para brincar e quem sabe juntos, prepararem receitas gostosas para o lanche com o auxílio do adulto responsável.

Essas são algumas dicas, mas não deixe de conversar com seus filhos e escutar o que eles têm a dizer. Se o que eles desejam não puder ser aplicado na íntegra, juntos vocês podem criar uma alternativa intermediária que contemple os sonhos deles e seu orçamento. E ainda, pode ser um gatilho para iniciar um processo de planejamento financeiro compartilhado em família que contemple algum sonho no futuro e o passo a passo para poderem realizar. Tenho certeza será uma experiência incrível e bem contextualizada. Isso é Educação Financeira aplicada!

O importante é que as férias sejam um período lúdico e de descanso para toda a família

Um beijo, boas férias e até a próxima 😉

a autora

Karina Valadares

Mãe, esposa, profissional de finanças e empreendedora. Dedico minha vida à consultorias financeiras pessoais, assessoria de investimentos e organização de rotina.

saiba mais